Ir direto para menu de acessibilidade.
    Você está aqui:
  1. Página inicial
Início do conteúdo da página
Título
Com obesidade e excesso de peso crescendo, população de Macapá passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de João Pessoa passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso crescendo, população de Goiânia passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Fortaleza passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Florianópolis passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população do DF passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Curitiba passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Cuiabá passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, campo-grandense passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Belo Horizonte passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Belém passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Aracaju passa a adotar práticas saudáveis
Com obesidade e excesso de peso estáveis, população de Boa Vista passa a adotar práticas saudáveis
Em Palmas, 16% dos motoristas afirmam dirigir embriagados
Em Salvador, 5,3% dos motoristas afirmam dirigir embriagados
Em Manaus, 9,6% dos motoristas dirigem embriagados
Em Belo Horizonte, 7,9% dos motoristas dirigem embriagados
Em Campo Grande, 11% dos motoristas dirigem embriagados
Em Goiânia, 9,6% dos motoristas dirigem embriagados
Em Macapá, 7,7% dos motoristas dirigem embriagados
Fim do conteúdo da página