Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
OPORTUNIDADE

Saúde abre edital para concessão de bolsas do Pró-Residência médica

Escrito por André | | Publicado: Quinta, 01 de Outubro de 2020, 19h54 | Última atualização em Quinta, 01 de Outubro de 2020, 19h54

Estão disponíveis quase mil bolsas com inscrições abertas até 31 de outubro

O Ministério da Saúde está com inscrições abertas para quase mil bolsas para o Programa Nacional de Apoio à Formação de Médicos Especialistas em Áreas Estratégicas (Pró-Residência Médica). As instituições interessadas têm até 31 de outubro para realizar a inscrição, exclusivamente através do Sistema de Informações Gerenciais das Residências em Saúde (SIGRESIDÊNCIAS), que foi reformulado e modernizado.

O Programa tem o objetivo de incentivar a formação de especialistas em campos de atuação estratégicos para o Sistema Único de Saúde (SUS), principalmente nas áreas e redes de atenção à saúde prioritárias, definidas em comum acordo com os gestores do SUS, a partir das necessidades e realidades locais e regionais identificadas. As bolsas são válidas durante todo o período de vigência do programa na localidade designada, variando entre 1 e 5 anos.

O  novo edital, publicado em 23 de setembro, reforça critérios de prioridade territorial para orientar uma melhor distribuição das bolsas. O resultado da concessão de bolsas será publicado no Diário Oficial da União até o dia 16 de novembro de 2020.

Para participar, as instituições devem fazer a adesão ao edital, podendo requerer bolsas para mais de uma especialidade ou área de atuação. Podem concorrer, as instituições federais vinculadas ao Ministério da Saúde, as instituições federais vinculadas ao Ministério da Educação (MEC), as instituições privadas sem fins lucrativos e os órgãos e as instituições públicas municipais, estaduais e do Distrito Federal.

Os representantes das instituições devem fazer cadastro no novo SIGRESIDÊNCIAS, mesmo os que já possuíam cadastro no sistema antigo. O novo sistema está sendo modernizado pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) para facilitar a adesão aos editais, garantir agilidade na atualização das informações dos programas e dos residentes, além de trazer novas funcionalidades de gerenciamento, monitoramento e avaliação dos programas.

Por Karina Borges
Ministério da Saúde
(61) 3315-3989

Fim do conteúdo da página