Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
ASSISTÊNCIA

São Paulo ganha reforço na habilitação de mais 88 leitos de UTI

Escrito por erika.morais | | Publicado: Terça, 06 de Outubro de 2020, 13h14 | Última atualização em Terça, 06 de Outubro de 2020, 13h27

Os leitos são para o tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19 que necessitam de unidades intensivas e foram habilitados em seis municípios do estado paulista

O Ministério da Saúde habilitou mais 88 novos leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS) em seis municípios do estado de São Paulo. Das unidades habilitadas nesta segunda-feira (5), 10 foram em Assis, cinco em Ibitinga, 18 em Lorena, cinco em Rio das Pedras, 10 em Registro e 40 na cidade de São Paulo. As habilitações são parte do apoio irrestrito do Governo Federal aos estados e municípios para reforçar o combate à pandemia. O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas.

Para as habilitações dos leitos, o investimento foi de R$ 12,6 milhões, pago em parcela única pelo Ministério da Saúde. O valor é para que estados e municípios façam o custeio dessas unidades pelos próximos 90 dias, podendo ser prorrogado por mais 30 dias, a depender da situação de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da Covid-19. Os recursos são repassados a partir da publicação da portaria no Diário Oficial da União.

A Pasta tem investido o dobro do valor habitual destinado a habilitação de leitos de UTI. Saindo de R$ 800 para R$ 1.600 em parcela única. O valor é pago aos gestores dos estados e municípios antes mesmo da ocupação da unidade intensiva.

Até o momento, o Ministério da Saúde habilitou 3.376 leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19, com investimento de R$ 484,4 milhões no estado de São Paulo.

Apesar de estados e municípios terem autonomia para criar e habilitar os leitos necessários, o Ministério da Saúde, em decorrência do atual cenário de emergência, tem apoiado as secretarias estaduais e municipais e investido em ações, serviços e infraestrutura para o enfrentamento da doença.

Além disso, o Ministério da Saúde já destinou ao estado paulista R$ 17,4 bilhões, sendo que desse total foram R$ 12,8 bilhões para serviços de rotina do SUS, e outros R$ 4,6 bilhões para a Covid-19. A Pasta também vem apoiando os estados e municípios na compra e entrega de equipamentos para o enfrentamento da pandemia. As medidas fortalecem o SUS e leva atendimento para a população em todo o país.

Leitos de UTI habilitados em 05/10/2020:

UF

Município

Estabelecimento

Gestão

Nº de Leitos Novos

Valor (R$)

SP

ASSIS

SANTA CASA DE ASSIS

MUNICIPAL

10

R$ 1.440.000,00

SP

IBITINGA

SANTA CASA DE CARIDADE E MATERNIDADE IBITINGA

MUNICIPAL

5

R$ 720.000,00

SP

LORENA

IRMANDADE DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA LORENA

MUNICIPAL

18

R$ 2.592.000,00

SP

RIO DAS PEDRAS

HOSPITAL E MATERNIDADE SÃO VICENTE DE PAULO

MUNICIPAL

5

R$ 720.000,00

SP

REGISTRO

HOSPITAL REGIONAL DE REGISTRO

ESTADUAL

10

R$ 1.440.000,00

SP

SÃO PAULO

HOSP MUN M BOI MIRIM

MUNICIPAL

30

R$ 4.320.000,00

SP

SÃO PAULO

HOSP MUN TIDE SETUBAL

MUNICIPAL

10

R$ 1.440.000,00

TOTAL

       

R$ 12.672.000,00

Por Bruno Cassiano, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa
(61) 3315-2745 / 2351

 

Assunto(s):
Fim do conteúdo da página